sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

REPETIÇÕES

Uma repetição é um ciclo completo de um movimento de exercício - uma contração do músculo seguida por uma extensão - isto é, levantar um peso e baixá-lo novamente. Uma série é um grupo dessas repetições. A quantidade de repetições que você inclui em uma série depende, em grande parte, do tipo de série que você esta realizando. Por exemplo, tanto a pesquisa quanto a experiência mostraram que os fisiculturistas obtém melhores resultados utilizando em cada exercício, um peso que represente cerca de 70 a 75% de suas repetições máximas - isto é, a quantidade de peso que conseguem utilizar realizando uma repetição completa de um determinado exercício. Se você utilizar essa quantidade de peso, geralmente descobrirá que pode realizar as seguintes séries:
8 a 12 repetições para os músculos da parte superior do corpo
12 a 16 repetições para os grandes músculos da perna 
Esses números são apenas aproximações, mas funcionam bem como orientações gerais.
Por que você consegue realizar mais repetições para as pernas do que para a parte superior do corpo? Simplesmente porque a diminuição em força durante a realização de uma série é mais lenta nas pernas do que na parte superior do corpo - os músculos da parte superior do corpo simplesmente não têm o mesmo tipo de resistência que os músculos da perna. Mas, em ambos os casos, a quantidade de peso utilizada representa os mesmos 70 a 75% da capacidade de uma repetição máxima dos músculos envolvidos.

Ocasionalmente, exitem razões para utilizar menos peso do que isso (e assim realizar mais repetições) e alguns tipos de séries muito úteis que envolvem um peso maior (e menos repetições), tais como séries de baixas repetições para força e potência máxima. Mas essas orientações representam a maior parte do treinamento que os fisiculturistas realizam - e isso vale especialmente para os principiantes.

Fonte: Enciclopédia de Fisiculturismo e Musculação

Bom Treino!
Equipe Treinar no Limite.


Nenhum comentário:

Postar um comentário